Dia Internacional da Mulher – 8 de Março

Quando se começa uma pesquisa a respeito do dia internacional da mulher, inúmeras versões e ‘justificativas’ são encontradas, mas o fato é: sendo a história x ou y, a verdade é que as mulheres que saíam de casa para trabalhar eram discriminadas e sofriam muito nas mãos dos grandes empresários.
Um fato a ser considerado, entretanto, é que em 1791 Olympe de Gouges lançou a “Declaração dos Direitos da Cidadã”, onde era reivindicado o direito feminino a todas as dignidades. Olympe foi corajosa ao exigir também que a mulher ganhasse poder e voz política. Foi julgada, condenada à morte e guilhotinada em 3 de março de 1793, por “ter querido ser um homem de estado e Ter esquecido as virtudes próprias do seu sexo”. Nesse mesmo ano, as associações femininas foram proibidas na França.

O que se percebe é que infelizmente é uma questão meramente cultural. Nossa sociedade já impõe, mesmo que de forma indireta, que a mulher é possuidora de um sexo frágil e por isso é incapacitada, emocional demais, fisicamente incapaz para determinadas atividades e fraca.
Em vários momentos da história mulheres se juntaram para exigir a tão sonhada igualdade entre os sexos, que se justifica em coisas básicas como: onde já se viu uma mulher desempenhar a mesma função de um homem numa empresa e receber menos do que ele só porque é… só porque é mulher?!
Desses movimentos sociais criados pelas mulheres, surgiu o movimento feminista.

Símbolo do movimento feminista

Símbolo do movimento feminista


Com os movimentos culminados pelo feminismo, a história coloca 2 como principais precursores do que hoje chamamos de dia internacional da mulher.
Vamos contar a história da fábrica de tecidos Cotton.
Num dia como outro qualquer, 129 tecelãs paralisaram seus trabalhos requerendo 10 horas de trabalho (e não 12 sem intervalos, que vigoravam na época). Era a primeira greve norte-americana conduzida apenas por mulheres! Todas foram reprimidas de forma violenta pela polícia. Sem ter apoio, as operárias encontraram refúgio nas dependências da fábrica e nesse momento os patrões viram uma chance de acabar com aquela “vergonha”: as portas foram trancadas, as mulheres ficaram presas e os policiais e empresários atearam fogo. Por estarem presas num local em chamas e sem saída, algumas morreram carbonizadas e outras asfixiadas.

Mulheres em frente a fábrica de tecidos Cotton, Nova Iorque

Nessa tragédia toda, houve pelo menos um tiquinho de reconhecimento… Durante a II Conferência Internacional de Mulheres, realizada em 1910 na Dinamarca,  Clara Zetkin (ativista pelos direitos femininos) propôs que o 8 de março fosse declarado como o Dia Internacional da Mulher, homenageando as tecelãs de Nova Iorque e todas as mulheres oprimidas mundo afora.

Hoje o dia 8 de março é reconhecido no mundo todo, mas infelizmente nem todo o mundo evoluiu em relação ao pensamento de que mulher também é gente.
Diariamente vemos no noticiário manchetes relacionadas a estupro, violência doméstica e vários outros crimes que são causados pela intolerância ao gênero feminino.
Sendo assim, todos os anos é veiculada uma campanha na internet baseada na seguinte ideia: “sem flores e sem chocolates, só queremos igualdade”.

Portanto, finalizamos essa “aula de história” com a mensagem acima. Se quiser dar florzinha e bombom, nós entendemos… mas dê respeito TODOS OS DIAS!

Sei, sei… o blog é de arte e muita gente deve estar se questionando “cadê a arte nisso aqui?”. Meu caro, estamos falando da arte de tolerar, aceitar e evoluir. Estamos em pleno século XXI, que tal respeitarmos mais a imagem feminina?

À todas as mulheres eu desejo: FELIZ DIA DA MULHER PARA TODAS NÓS! 

Anúncios

Um pensamento sobre “Dia Internacional da Mulher – 8 de Março

Deixe aqui o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s