Coletivo MUDA

Capitais são comumente conhecidas pela agitação, correria e até mesmo falta de cores… Quem nunca ouviu a expressão “essa cidade é cinza demais”? Pois é… Pensando nessa falta de cores, projetos como a bela do dia (clique aqui para ler a matéria) surgem em cidades grandes para trazer mais cor e vida às cidades grandes. No Rio de Janeiro, em meio às paisagens que se diferenciam em cada esquina, surgiu o coletivo MUDA, formado pelos designers Bruna Vieira e João Tolentino e pelos arquitetos Diego Uribbe, Duke Capellão e Rodrigo Kalache.

9

O objetivo principal do Coletivo MUDA é experimentar e desenvolver a arte utilizando os cenários urbanos como suporte. Como? Fixando murais compostos por azulejos e ladrilhos hidráulicos que, combinados com a criatividade dos componentes do coletivo, levam mais cor às ruas que estavam meio “apagadas” ou simplesmente cinzas demais.

Conforme descrição colocada no blog, “os painéis são pensados especificamente para cada local, e cada módulo é cuidadosamente estudado para manter a harmonia total da composição. O grupo procura interferir no cotidiano da cidade e das pessoas que transitam por ela, contribuindo para tornar nosso espaço mais lúdico, diversificado e colorido.”

Hoje, além de atuar nos cenários urbanos, o coletivo também tem um espaço especial em exposições e mostras artísticas que procuram fazer com que a arte contemporânea se torne mais acessível ao público. A título de exemplo, se tem a ocasião na qual os membros do “muda” fizeram uma participação especial na 12ª edição da Tocayo, um evento que tem como slogan algo que define tudo: “toda arte é bem vinda”.

O MUDA também já deixou sua marca em território estrangeiro: no ano de 2012, numa viagem de férias que alguns membros do coletivo estavam fazendo em Nova Iorque, a intervenção foi parar nas paredes do metro de NYC.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os azulejos, embora comprados nos Estados Unidos, tinham sido fabricados no Brasil e a arte feita lá deixou a estação de metrô um pouco mais colorida.

A dimensão majoritária dos azulejos é de 10×10 cm, mas, procurando ocupar diversos espaços, o coletivo sentia uma certa dificuldade em usar esse tamanho em locais pequenos e surgiu a ideia de criar os “minimudas”, que são pequenos azulejos (perfeitos para fazer pequenas intervenções).

Este slideshow necessita de JavaScript.

A verdade é: o projeto é maravilhoso! A ideia de colorir e trazer mais alegria par as ruas e espaços “cinzas” das cidades grandes é simplesmente genial.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Gostou? Para mais informações e fotografias, você pode acessar o site ou a página no Facebook! Não esqueça de curtir a página do Blog Venturarte no Face também.

Obs.: As fotos do presente post são provindas do site do Coletivo MUDA e todos os direitos de imagem são atribuídos aos membros do grupo.

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s