Cores, marketing e… psicologia?!

Poderosas. É essa a definição que alguns estudiosos estão dando para as cores, já que, segundo eles, são elas as grandes influenciadoras para as escolhas e sentimentos humanos. Comprovar isso é fácil (e não exige uma pesquisa científica de Harvard, por exemplo). É só usar métodos empíricos: se você tem medo de dentista, quando ver uma parede “verde menta” provavelmente sentirá calafrios. A lógica é simples… Seu cérebro “associou” a cor ao profissional que utiliza aqueles temidos aparelhos que te obrigam a ficar de boca aberta e a ouvir um barulhinho bem incômodo (cc: brocas e afins).
A mesma ideia se aplica ao uso do vermelho e amarelo nas paredes e/ou logo-marcas de restaurantes. Segundo alguns estudos, as cores “quentes” podem provocar – ou simplesmente atiçar – a fome! Enquanto isso, esses mesmos estudos afirmam que as cores “frias” podem gerar uma sensação de tranquilidade e podem até adquirir poderes curativos.

Foi seguindo essas conclusões científicas que a publicidade passou a incorporar elementos psicológicos na hora de produzir uma peça publicitária ou ao criar um estilo para determinada marca. E também foi nesse ritmo que o blogueiro Henrique Carvalho, idealizador do site “viver de blog”, criou alguns infográficos que explicam muito bem a relação das cores com a publicidade, o marketing e a psicologia.
À primeira vista parecem três conceitos muito distantes, mas o fato é que, quando bem utilizados, eles fazem uma marca, por exemplo, ir a frente de outra por detalhes que passariam despercebidos se não fosse a composição das três áreas.

De acordo com Henrique, 84,7% dos consumidores acreditam que as cores de um produto são muito mais importantes do que outros fatores; 93% das pessoas avaliam as cores de um produto na hora de comprar e mais da metade dos consumidores desistem de comprar um produto porque ele não tem sua cor favorita.

Exagero? Negativo! A comprovação se encontra no seguinte infográfico criado pelo blogueiro:

Infográfico_Psicologia_Cores_600

Gostou?! Como o próprio infográfico coloca ao final “tenha essas informações em mente ao escolher a paleta de cores primárias da sua marca”. Quer mais uma dica? Não deixe de contratar um profissional da área e deixar de lado o serviço daquele primo que diz saber mexer com photoshop… Invista no trabalho de um publicitário ou profissional da área do marketing em si, pois são eles quem têm capacidade plena para criar e recriar alguma coisa utilizando esses conceitos básicos que foram colocados no infográfico.

Curta a nossa página, dê a sua opinião nos comentários… Interaja com o Blog Venturarte, pois ele também é seu! E pra finalizar, vai lá no Viver de Blog dar uma olhada nas publicações do Henrique porque tem muita coisa interessante.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Cores, marketing e… psicologia?!

Deixe aqui o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s