“Real Life Instagram”, por Bruno Ribeiro.

Como não amar uma fotografia?!

Tecnicamente falando, a fotografia é a técnica de criação de imagens por meio de exposição luminosa, fixando-as em uma superfície sensível.

Com o avanço constante da tecnologia e o uso diário dos smartphones, fotografar virou parte do cotidiano até dos amadores e apaixonados pela arte.

E como não pensar no Instagram quando falamos de fotografias?! O aplicativo que desde 2010 vem colecionando usuários de todos os tipos.

Foi pensando nesse universo que Bruno Ribeiro, um publicitário brasileiro, de 35 anos, casado com a canadense Zoe Perry e que, atualmente, mora e trabalha em Londres criou o projeto chamado “Real Life Instagram”. Ele também já morou em Manchester, Madrid, Moscou e Lisboa. Corintiano, diz que sempre assisti aos jogos pela internet, mesmo quando, por culpa do fuso horário, eles passam de madrugada.

Real Life Instagram

Real Life Instagram

O projeto nada mais é do que frames montados em papel cartão, papel celofane e colocados em pontos da cidade. Bruno disse que usa os mesmos materiais que as crianças de Educação Artística usam.

Real Life Instagram

Real Life Instagram

Quando perguntamos para ele o que é o “Real Life Instagram”, Bruno respondeu o seguinte:

“Comecei o projeto nas ruas de Manchester em junho, cidade onde morava antes de me mudar para Londres. Sobre o projeto, acho que tenho dois sentimentos por trás dele: o primeiro é uma homenagem ao Instagram. Acho o app incrível, pela simplicidade do uso e principalmente por trazer a fotografia para nossas vidas cotidianas. Quantos fotos você fazia antes do Instagram? Não vale contar as férias nem festas. E quantos detalhes você realmente observava na sua cidade? No cotidiano das pessoas que passam ao seu lado? Acho que o Instagram trouxe esse olhar para gente. Fez a gente se sentir mais criativo, tentar um ponto de vista bem pessoal, um angulo ou uma foto que antes nunca havíamos pensado em tirar. Acho essa mudança de comportamento incrível. Mas por outro lado, tem um sentimento não tão positivo, para dizer o mínimo, que é nossa obsessão em estarmos conectados. Temos que deixar de olhar ao nosso redor, para checar nossos smartphones a cada 17 segundos? Fico constrangido ao ver em restaurantes casais quase que o tempo todo em seus celulares ou grupos de amigos em um bar que nem parecem amigos, pois passam mais tempo se auto entretendo do que rindo de coisas que já passaram juntos. Serio, um e-mail que talvez chegue é mais importante do que ouvir a historia do seu amigo numa mesa de bar? Talvez esse meu sentimento seja porque sou de uma geração pré-internet. Talvez quem nunca viveu sem o 3G ache isso normal. Por isso, tento de forma bem tímida e íntima, chamar a atenção de pessoas para que a vida pode, e deve, ser vivida com menos tecnologia. Não quero pregar nem dizer que existe apenas uma verdade. Mas se eu fizer a pessoa pensar um pouco a respeito, já fico feliz. Mas se a pessoa também se divertir com a instalação, seja encontrando na rua, compartilhando o blog do projeto ou mesmo fazendo fotos com seus celulares, também fico feliz. Afinal é sempre bom poder quebrar a rotina, trazer o bom inesperado para a vida das pessoas.”

Este slideshow necessita de JavaScript.

A criatividade não tem limites mesmo.

Para conhecer o trabalho de Bruno, visitem o blog do projeto “Real Life Instagram” aqui.

Ah, e claro, não esqueça de curtir a página do Blog Venturarte no Facebook para ficar por dentro das nossas atualizações.

Até a próxima,

Bárbara.

 

 

“Philographics – Big Ideas in Simple Shapes”, por Genis Carreras.

Oláaaa!! Como já foi dito aqui, sou a nova colunista do Venturarte. Sou a Bárbara, estudante de Arquitetura e Urbanismo, geminiana curiosa e apaixonada por arte, cores e cultura.

Mudando um pouco de assunto, hoje vou falar de um projeto apaixonante!

Depois de tanto ouvir a famosa frase “menos é mais” de Mies van der Rohe na faculdade, acabei aceitando o minimalismo como pensamento. E para mim, nada mais minimalista do que o trabalho de Genís Carreras, um designer gráfico residente de Londres e nascido na Catalunha (Espanha).

Genís Carreras nasceu na Espanha e tem 26 anos e além de designer gráfico também é empreendedor.

Genís Carreras nasceu na Espanha, tem 26 anos e além de designer gráfico também é empreendedor.

Genís desenvolveu o projeto chamado “Philographics”, onde mostra, minimalistamente, que a filosofia e o design podem sim, andar juntos. O espanhol criou, inicialmente, 24 pôsteres ilustrando pensamentos que vão do Relativismo ao Absolutismo passando até pelo Holismo. Com uma ideia sensacional, unindo formas geométricas e cores, ele conseguiu criar um dicionário visual bem direto para várias correntes filosóficas.

Philographics 2

O artista percebeu então que havia deixado passar muitos pensamentos bacanas e acabou dando continuidade com o projeto. Em 2013 Carreras não produziu apenas pôsteres, ele avançou seu trabalho para cartões postais e também um livro (que possui versão impressa e digital), unindo assim mais de 94 imagens.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para conhecerem mais sobre o trabalho de Genís Carreras, é só clicar aqui!

Será um prazer escrever aqui para vocês, acompanho o Blog desde sempre e fazer parte dele é uma honra.

Ah, e claro, não esqueça de curtir a página do Blog Venturarte no Facebook para ficar por dentro das nossas atualizações.

Até a próxima,

Bárbara.

Tem colunista nova na área!

Me perdi no meio das publicações de novo. Sim, de novo. Em meio a trabalho, obrigações cotidianas e duas faculdades, o blog acabou ficando em segundo plano pra mim! Não que eu não goste daqui… Na verdade, o Venturarte me faz muito feliz e me satisfaz de uma maneira incrível.

Eu poderia ficar horas listando as coisas que mais gosto aqui no blog. O retorno dos leitores está sempre em primeiro lugar, confesso. Mas eu me sinto culpada quando, devido a tudo aquilo que já citei acima, não consigo publicar com a frequência que eu publicava. É por esse motivo que eu estou sempre buscando novos colunistas e colaboradores que possam ter o espaço no Venturarte e, assim, completarem duas missões: a primeira, que é a de me ajudar; e a segunda, que é a de transmitir mais arte aos nossos leitores!

Busquei, busquei e encontrei. Bárbara Cáus Cordeiro é o nome dela. E é ela quem será a mais nova colaboradora do blog. É uma simpatia em pessoa, garanto a vocês… Ela é estudante de arquitetura e urbanismo, tem 20 anos, nasceu no Espírito Santo e foi parar em Minas Gerais. Mas o que importa mesmo – e o que vocês realmente precisam saber – é que ela acompanha o Venturarte desde o início, é apaixonada por arte e está louca pra começar a publicar por aqui.

E antes que ela tenha um ataque de ansiedade, vou terminar isso e fazer com que ela mesma venha se apresentar e, claro, publicar o seu primeiro post!

Espero que gostem da novidade. Na verdade, tenho certeza que irão gostar.

Bárbara, seja MUITO bem vinda à equipe Venturarte.